Porcelanato

Atualizado em: ago/30

Ambiente porcelanato (5)

Escolhi o Porcelanato como primeira publicação sobre cerâmica por ter sido o primeiro material que pesquisei com mais critério, durante o período em que cursei o mestrado. Naquela época, há mais de 15 anos, o porcelanato já era um destaque  entre as cerâmicas de revestimento .

Do ponto de vista industrial, o nascimento do porcelanato se deu na década de 1970, mas sua arrancada para o mercado se dá na década de 1980. No Brasil ele se destaca mesmo é a partir dos anos 90. (1) Hoje praticamente domina o mercado das cerâmicas devido sua beleza e resistência.

O nome ‘grês-porcelanato’ deriva de ‘grês’, denominação de materiais cerâmicos com estruturas compactas, e ‘porcelanato’ é o termo que se refere às características técnicas do produto que substancialmente lembram as porcelanas” (2). É um tipo de cerâmica que se diferencia das cerâmicas comuns para revestimento devido a composição especial de sua matéria-prima. É composto, basicamente, por argilas especiais e feldspato. Diferencia-se também pelo seu processo de fabricação: a prensagem, a temperatura e o tempo de queima são diferentes das cerâmicas tradicionais. Esses diferenciais conferem ao porcelanato alta dureza, alta resistência mecânica, baixa porosidade e baixa absorção de água.

Visualmente podemos diferenciar o porcelanato das peças cerâmicas tradicionais observando o “corpo e a superfície da peça”. A placa cerâmica tradicional é prensada e recebe a coloração e o esmalte em sua superfície. O que vemos no corpo da peça é diferente do que vemos na superfície.

No porcelanato, de forma geral, o corpo da peça tem a mesma constituição do que vemos na superfície, ou podemos ver até duas camadas. O porcelanato tem quase um aspecto de pedra.

Fiz estas imagens para ilustrar as diferenças.

Cerâmica comum

 

Porcelanato

Estas são diferencas básicas pois existe uma variedade muito grande de revestimentos cerâmicos, tipos de argila e coloração, assim como acabamantos de superfície.

Sobre o porcelanato, gostaria de colocar algumas diretrizes para melhor entendimento das tipologias. Existem três tipos de porcelanato: o natural, o polido e o esmaltado.

PORCELANATO NATURAL: Não possui tratamento de polimento ou esmaltação. Tem aspecto mais rústico e opaco. Podem ser lisos ou com relevos em sua superfície.

PORCELANATO POLIDO: A superfície do porcelanato recebe um polimento, parecido com o polimento feito em pedras, o que proporciona alto brilho na superfície da peça. Apesar do polimento ser visualmente muito bonito, o procedimento “abre pequenos poros” na superfície da peça, criando certa porosidade que, ao longo do uso, pode facilitar o aparecimento de manchas no porcelanato. Por isso, algumas empresas já usam resinas na superfície da peça, para amenizar este problema. No entanto, estas resinas diminuem o brilho das peças e não são muito duradouras. Daí, a necessidade de cuidados maiores na instalação e manutenção dos pisos de porcelanato polido.

Os porcelanatos natural e polido, ou seja, os que não são esmaltados, são também tratados como “porcelanato técnico”.

PORCELANATO ESMALTADO: Recebe esmalte na superfície. O esmalte é uma camada transparente, que veda todos os poros da superfície da peça cerâmica proporcionando um leve aspecto vitrificado . Alguns esmaltes ficam muito discretos e opacos na superfície da placa, o que comercialmente tem-se chamado de acabamento acetinado.

Existe uma outra classificação simples que divide os tipos de porcelanato, de acordo com o aspecto visual de sua superfície. São basicamente 3 categorias: “tinta única”, “Sal e pimenta”; “Variegados e matizados”.(1) Este útimo, com uma extensa variedade de texturas.

TINTA ÚNICA: como o próprio nome já diz, é caracterizado por peças lisas, sem textura, com cores uniformes, claras ou vivas.

 

Porcelanato - tinta única (11)

SAL E PIMENTA: tem aparência de pontilhados miúdos, salpicada de pontinhos com cores diferentes, daí o nome “sal e pimenta”.

Porcelanato Sal Pimenta (6)

VARIEGADOS OU MATIZADOS: são os que possuem manchas em diversas tonalidades em sua superfície. Alguns são semelhantes aos mármores.

Porcelanato variegado/matizado (7)

Porcelanato Variegado / Matizado (8)

Com o avanço tecnológico das indústrias cerâmicas, surge grande variedade de porcelanatos: com pequenos relevos na superfície e texturas variadas, que reproduzem a textura visual, e até tátil, de outros materiais, como, por exemplo, as rochas ornamentais, as madeiras, concretos, etc.

Porcelanato - textura concreto (9)

 

Porcelanato - textura madeira (10)

Com relação à dimensão e espessura das peças, duas características básicas podem ser observadas: o tamanho, a estabilidade do dimensionamento e a espessura. Uma peça tradicional de porcelantato tem, em média, 8mm de espessura. Algumas peças estão sendo fabricadas com espessuras inferiores a 5mm, e são chamadas de Extra finos. O tamanho das peças pode variar desde os tradicionais 30×30 e 40×40, até peças retangulares ou quadradas com mais de 1,20 de lado. Essas peças muito grandes têm sido usadas também para confecção de bancadas de pia de cozinha e banheiros. O tamanho dessas placas favorece o trabalho com cortes variados, da mesma forma que são trabalhadas as peças de granito para os mesmos fins.

As peças de porcelanato são retificadas, o que favorece a estabilidade dimensional e de angulação dos cantos, evitando diferenças de alinhamento no assentamento das placas e possibilitando o uso de juntas de assentamento mais finas.

Falar sobre porcelanato é abrir um grande leque, pois com a tecnologia, muitas peças diferentes tem surgido. O assunto não se encerra aqui. Esperamos voltar a postar mais informações sobre isso.

___________________________________

REFERÊNCIAS:

(1) CUNHA, E.C. Projeto e execução de fachadas com porcelanato. Dissertação de mestrado. Escola de Engenharia de São Carlos – EESC- USP. São Carlos, 2001.

(2) VARELA, M. L., et al. Influência da adição de resíduo de caulim nas propriedades tecnológicas de uma massa padrão de porcelanato produzido em escala industrial. Disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132009000200015&lng=pt&nrm=isso. Acessado em: 30.08.2012.

(3) http://www.portobello.com.br/blog/portobello/porcelanato-voce-sabe-o-que-e/#comment-6810

(4) http://www.portobello.com.br/pt-BR/Glossario/145397

(5) http://gazonimoveis.com.br/products-page/revestimentos/eliane-maxigres-tecnoquartz-60×60-duplicate-4/

(6) http://www.portobello.com.br/brava/brava-bianco-ext-20572E-1

(7) http://www.eliane.com/produtos/banheiro/porcellanato/labrador/labrador-cobre-45x45cm

(8) http://www.eliane.com/produtos/sala/porcellanato/high-stone/etruscan-ac-59x59cm

(9) http://www.portobello.com.br/concretissyma/concretissyma-argento-line-ret-21255E-1

(10) http://www.portobello.com.br/ecodiversa/peroba-envelhecida-amendola-ret-21275E-1

(11) http://www.eliane.com/produtos/quarto/porcellanato/arqelementos/nero-plus-po-40x40cm

 

 

0 Comentário

Tem alguma sugestão? Deixe seu comentário!